Dicas para acertar na hora de comprar um seminovo ou usado!

 

Comprar o veículo próprio é o sonho de muitos, e devido aos altos preços, muitas vezes os seminovos ou usados são os preferidos na hora da compra. Mas justamente por não ter vindo diretamente da fábrica é necessário ter alguns cuidados para não se arrepender depois da compra.

 

Confira o histórico

Saber o histórico do veículo é bastante importante porque é a partir dele que você vai poder avaliar qual o estado real dele. Saber se o veículo já esteve envolvido em acidentes, se possui pendências jurídicas ou se vem com manual do proprietário e chave reserva é essencial para começar a avaliar os outros itens na hora da compra. Se não for possível ter acesso ao histórico do veículo, observe atentamente o alinhamento de portas, capôs e porta-malas, além de possíveis irregularidades nos tons da pintura e parafusos – especialmente de portas e tampas. Quando os parafusos são originais, a cor geralmente é a mesma da carroceria. Se a cor for outra, é porque já aconteceu um conserto.

 

Onde comprar?

Inicialmente, procure comprar na concessionária da marca do veículo pretendido. Isso porque existe uma maior possibilidade de ter garantia e dados fiéis do histórico. Locadoras também são uma boa escolha, porque geralmente os veículos de lá são comprados de um único dono. Se possível, esteja acompanhado de um mecânico de confiança, pois ele saberá por onde começar a olhar o veículo.

 

O que avaliar?

Na hora da compra vários itens devem ser verificados para que você tenha certeza de que aquele veículo não vai lhe trazer futuras dores de cabeça. Comece pelos itens de segurança, tais como cintos, extintor e validade deste, chave de rodas, triângulo, e condições do estepe. O nível de óleo, sua periodicidade de troca e o histórico de manutenção do veículo também devem ser verificados. Na parte da mecânica, uma dica básica: ligue o veículo em marcha lenta e verifique os níveis de ruído na cabine, vibração do volante e alavanca e câmbio. Se possível, dê uma volta no quarteirão para checar se há folga no pedal de freio e como o veículo se comporta ao passar por um buraco.

 

Depois da compra

Após comprar o veículo, é precisa fazer uma comunicação de venda ao Detran o município e a transferência em um prazo de até 30 dias. Caso o licenciamento não esteja pago ou existam outros débitos pendentes é necessário pagar tudo antes de efetuar a transferência.

 

 

Fonte:

http://bit.ly/seminovoseusados

Deixe um comentário