Alguns cuidados para o inverno!

 

O inverno chegou e não se engane: Não é só a sua saúde que precisa de cuidados nessa época! Então para evitar visitas recorrentes ao mecânico, reunimos algumas dicas de como cuidar do seu veículo nesse tempinho frio!

 

Para veículos flex:

Você sabe da existência do tanquinho? O reservatório é parte de um sistema feito para ajudar o veículo abastecido com etanol a dar a partida em dias mais frios. Isso acontece porque o poder calorífico do etanol é inferior ao da gasolina, o que gera uma maior dificuldade na hora de ligar. A questão é: Para que o sistema seja acionado é necessário que o ambiente esteja a uma temperatura igual ou inferior a 15°C, o que normalmente não acontece com frequência no Brasil, gerando uma falta de cuidado com o reservatório durante todo o restante do ano, e consequências para o funcionamento correto do veículo quando necessário.

 

Para garantir a conservação do tanquinho, busque trocar a gasolina do reservatório pelo menos uma vez por ano, antes de o frio chegar, assim como limpá-lo e verificar se a bomba elétrica está com o eixo em boas condições. Para garantir a usabilidade por mais tempo, prefira a gasolina Premium, que tem maior octanagem e durabilidade, até porque gasolina fora do prazo de validade pode ressecar algumas peças, gerando vazamentos.

 

Olho na bateria:

No frio, o óleo lubrificante do motor tende a ficar mais viscoso e dilata com mais dificuldade, tornando o processo de partida do carro mais trabalhoso, e consequentemente o processo de esgotamento da carga mais rápido. Por isso, busque sempre fazer a vistoria de todos os componentes, principalmente o alternador, e nunca dê a partida com o rádio ou faróis ligados e evite desligar o veículo em um congestionamento.

 

Ligue o ar-condicionado:

Por mais frio que esteja ligar o ar-condicionado é importante para evitar a proliferação de bactérias, além de deixar com que todos os componentes do sistema permaneçam lubrificados e em bom estado de uso.

 

Dicas extras para motociclistas:

Assim como os veículos, o corpo humano possui uma temperatura ideal de trabalho, e que se desrespeitada pode ter consequências como diminuição da velocidade dos reflexos, o que pode atrapalhar na hora de frear ou desviar de imprevistos.

 

Mas como se manter aquecido nos dias mais frios? Tenha como cuidado inicial, as extremidades como mãos e pés. Esses locais são os primeiros a serem atingidos pelo frio e os que perdem calor com maior facilidade. Busque usar luvas forradas, de preferência com camadas internas, pois somente o couro não é suficiente.

 

Caso tenha sido pego desprevenido pelo frio, aqui vão alguns macetes para não prejudicar sua saúde:

  • Para proteger o tórax, coloque algumas folhas dobradas de jornal entre o peito e a jaqueta. Se o frio persistir, adicione mais folhas.
  • Para os pés, sacos plásticos entre as meias e os sapatos são uma boa escolha. Assim como o jornal, quanto mais frio, mais sacos podem ser colocados.
  • Caso suas luvas nãos estejam sendo suficiente, procure por luvas de borracha usadas em jardinagem ou para lavar louça, pois são grossas e barram o frio de maneira eficaz.

 

Fonte:

http://g1.globo.com/carros/dicas-de-motos/noticia/2014/07/caiu-temperatura-saiba-como-se-proteger-do-frio-na-moto.html

https://revistaautoesporte.globo.com/Noticias/noticia/2016/08/5-cuidados-que-voce-deve-ter-com-seu-carro-no-frio.html

Deixe um comentário