Poder dirigir com seu possante por aí é muito bom, né?! Transitar pela cidade com conforto e segurança é uma maravilha. No entanto, alguns motoristas têm sido muito imprudentes quando o assunto é segurança no trânsito. São alguns deslizes e distrações podem custar caro no bolso. Além de colocar os pedestres em risco, dependendo da multa, o motorista pode perder a sua carteira.

Por isso, reunimos aqui, os tipos mais comuns de penalidades no trânsito para que você fique esperto e possa contribuir para um trânsito melhor para todos e manter o seu veículo, você e os pedestres em segurança!

1 – Nada de bancar o Vin Diesel!

A penalidade que lidera o ranking entre os motoristas brasileiros é a por excesso de velocidade. De acordo com o site do Governo Federal, até agosto de 2017, cerca de 13 milhões de multas foram aplicadas por esse motivo. Esse número é extremamente alarmante, pois de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no primeiro semestre do mesmo ano, houveram aproximadamente 8.930 acidentes graves em rodovias federais por excesso de velocidade. Sabe quanto custa essa brincadeira de fazer cosplay de Velozes e Furiosos no trânsito? A multa por ultrapassar a velocidade permitida no trânsito vai de R$130,20 até R$880,41! Sem falar que pode resultar de 5 a 7 pontos na carteira

2 – Não esqueça do cinto antes de pisar no acelerador.

Constantemente são feitas campanhas de conscientização sobre a importância do uso do cinto de segurança no trânsito, mas sempre tem aquele desavisado que acha que o cinto é um enfeite no carro. O número de multas por dirigir sem utilizar o cinto de segurança ainda é muito alto. Até agosto de 2017, foram registradas mais de 284 mil multas por negligência com o uso do cinto. Essa é considerada uma infração de natureza grave, por isso, o valor da multa fica em cerca de R$195,00 e o motorista pode levar até 5 pontos na CNH. O cinto não é um acessório opcional e você motorista é responsável também pela segurança de quem está no carro com você: Já pensou levar multa por que aquele seu amigo sem noção não quis colocar o cinto?

 

3 – O vermelho no semáforo é de PARE

Os semáforos foram criados para manter as ruas seguras para motoristas e pedestres. No entanto, alguns apressadinhos costumam a esquecer que o sinal vermelho significa “PARE”. Ainda de acordo com os números levantados pelo Governo Federal, foram registrados no primeiro semestre de 2017 mais de 197 mil ocorrências deste tipo. A multa pela ultrapassagem do sinal fica em torno de R$293,00 e o motorista pode levar 5 pontos na carteira. Você tem um carro, mas não é o dono da rua, viu?! Então fica ligado no semáforo ou a multa vem, @.

4 – Atenção ao estacionar, hein!

Por último, mas não menos importante, uma multa muito comum entre os motoristas brasileiros é por estacionar em local não permitido. De janeiro a agosto de 2017, foram registradas aproximadamente 130 mil ocorrências desse tipo. Sabe quanto custa essa falta de atenção seletiva? Pra começo de conversa, o motorista podendo levar de 3 a 7 pontos de acordo com a gravidade estabelecida pela CTB na carteira e, falando em cifras, o valor fica entre R$88,00 a R$293,00: Depois dessa, pagar um estacionamento ficou até mais barato não é? É só não fingir de bobo na hora de estacionar e fica tudo certo!

 

Agora você já sabe os tipos de multas mais comuns no trânsito, né?! Não custa nada colocar a mão na consciência um pouquinho. A segurança no trânsito é importante para você e todos ao redor. E aí, bora respeitar as leis de trânsito?

Deixe um comentário